Skip to Store Area:

Cinemateca Russica

Dvd A Primeira Guerra no Cinema, Caixa com 3 discos embalagem digistack, com 6 filmes - 1925-1963 -  preço inclui Frete Brasil

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Dvd A Primeira Guerra no Cinema, Caixa com 3 discos embalagem digistack, com 6 filmes - 1925-1963 - preço inclui Frete Brasil

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$78,00
Acrescentar itens ao carrinho Adicionar ao Carrinho

Descrição Rápida

A Primeira Guerra no Cinema

Seis Clássicos Sobre o Conflito  (1925 - 1964)

Audio em Inglês, Francês e Alemão

Legendas em Português

Preto e Branco, 640 minutos, Fullscreen ou Widescreen, Região 4 incl.Brasil, Classificção 14 anos

 

A Grande Ilusão (“La Grande Illusion”, 1937, 113 min.)De Jean Renoir. Com Jean Gabin, Pierre Fresnay e Erich von Stroheim.

Adeus Às Armas (“A Farewell to Arms”, 1932) De Frank Borzage. Com Gary Cooper, Adolphe Menjou, Helen Hayes. 

O Grande Desfile (“The Big Parade”, 1925, 151 min.)De King Vidor. Com John Gilbert e Renée Adorée.

O Rei E O Cidadão (“King and Country”, 1964, 86 min.)De Joseph Losey. Com Dirk Bogarde e Tom Courtenay.

Cruzes De Madeira (“Les croix de bois”, 1933, 113 min.)De Raymond Bernard. 

Guerra, Flagelo De Deus (“Westfront 1918: Vier von der Infanterie”, 1930, 88 min.)




A Primeira Guerra no Cinema

Seis Clássicos Sobre o Conflito  (1925 - 1964)

Audio em Inglês, Francês e Alemão

Legendas em Português

Preto e Branco, 640 minutos, Fullscreen ou Widescreen, Região 4 incl.Brasil, Classificção 14 anos

 

Sinopse:

No centenário da Primeira Guerra Mundial (1914-2014), a Versátil apresenta “A Primeira Guerra no Cinema”, digistack com 3 DVDs que reúne seis clássicos sobre o conflito dirigidos por mestres como Jean Renoir, King Vidor e Joseph Losey, incluindo a inédita versão restaurada do monumental “A Grande Ilusão”.

Disco 1

A Grande Ilusão (“La Grande Illusion”, 1937, 113 min.)De Jean Renoir. Com Jean Gabin, Pierre Fresnay e Erich von Stroheim.

Em 1916, dois aviadores franceses são capturados pelos alemães e levados a um campo de prisioneiros. No momento em que fugiriam do local, são transferidos para uma fortaleza comandada por um aristocrata alemão. Um dos maiores filmes do cinema.

Adeus Às Armas (“A Farewell to Arms”, 1932) De Frank Borzage. Com Gary Cooper, Adolphe Menjou, Helen Hayes. No inverno de 1917, no front italiano, um tenente americano é ferido em ação. Ele recebe os cuidados de uma enfermeira inglesa, por quem se apaixona. Melodrama brilhante do mestre Frank Borzage (“Três Camaradas”) baseado na obra de Ernest Hemingway.

Disco 2

O Grande Desfile (“The Big Parade”, 1925, 151 min.)De King Vidor. Com John Gilbert e Renée Adorée.O filho de um rico empresário americano se alista na Primeira Guerra e é enviado para a França, onde se apaixona e passa a fazer amizade com soldados da classe operária. Um dos maiores épicos de Hollwyood em inédita versão restaurada.

O Rei E O Cidadão (“King and Country”, 1964, 86 min.)De Joseph Losey. Com Dirk Bogarde e Tom Courtenay. Um soldado inglês é acusado de deserção. O oficial designado para defendê-lo descobre que o caso não é tão simples quanto parece. Vencedor do Prêmio de Melhor Ator em Veneza, este clássico pacifista de Losey (“O Mensageiro”) não perdeu seu impacto.

Disco 3

Cruzes De Madeira (“Les croix de bois”, 1933, 113 min.)De Raymond Bernard. Com Pierre Blanchar e Charles Vanel. Em 1914, um estudante idealista se alista no exército francês para defender seu país, mas logo vivencia o horror da guerra das trincheiras. Aliando técnicas inovadoras a um realismo brutal, Bernard (“Os Miseráveis”) realizou um filme inesquecível.

Guerra, Flagelo De Deus (“Westfront 1918: Vier von der Infanterie”, 1930, 88 min.)De Georg W. Pabst. Com Fritz Kampers e Gustav Diessl. Pabst (“A Caixa de Pandora”) denuncia a loucura da guerra e seus efeitos devastadores através das experiências pessoais de quatro soldados alemães no final da Primeira Guerra. Um filme-denúncia tão contundente quanto “Nada de Novo no Front”.

Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.