Skip to Store Area:

Cinemateca Russica

Dvd Olga, Muitas Paixões Numa Só Vida, de Jayme Monjardim, com Camila Morgado   --  preço já inclui Frete Brasil

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Dvd Olga, Muitas Paixões Numa Só Vida, de Jayme Monjardim, com Camila Morgado -- preço já inclui Frete Brasil

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$36,00
Acrescentar itens ao carrinho Adicionar ao Carrinho

Descrição Rápida

OLGA, MUITAS PAIXÕES NUMA SÓ VIDA

(Baseado no livro "OLGA" de Fernando Morais, 2005) 



Diretor: JAYME MONJARDIM 

Elenco: Camila Morgado, Caco Ciocler, Fernanda Monteiro 

Música: Marcus Viana 

Áudio: Português Legendas: Português, Inglês e Espanhol 

Especificações: Colorido, 140 min, Fullscreen 

Extras: Sobre o Elenco, Produtora, Diretor, Making of, Trailer



OLGA, MUITAS PAIXÕES NUMA SÓ VIDA

(Baseado no livro "OLGA" de Fernando Morais, 2005) 



Diretor: JAYME MONJARDIM 

Elenco: Camila Morgado, Caco Ciocler, Fernanda Monteiro 

Música: Marcus Viana 

Áudio: Português Legendas: Português, Inglês e Espanhol 

Especificações: Colorido, 140 min, Fullscreen 

Extras: Sobre o Elenco, Produtora, Diretor, Making of, Trailer

Sinopse:  

Uma grande história de amor e intolerância. Da infância burguesa na Alemanha à morte numa das câmaras de gás de Hitler, o filme retrata a vida e os ideais da militante comunista Olga Benario Prestes. Filha de Eugenie Gutmann Benario, descendente de uma rica família judia, e de Leo Benario, advogado e influente personalidade do Partido Social Democrata, Olga ingressou na Juventude Comunista aos 15 anos. Desde cedo esteve ligada à estrutura interna do partido Comunista alemão, já ilegal neste período. Cinco anos depois, invadiu a prisão de Moabit e, numa ação ousada, resgatou o professor comunista Otto Braun durante seu julgamento. Em 1928, Olga, junto com Otto, foi enviada pelo partido à União Soviética. 

Em Moscou, recebeu treinamento militar no Exército Vermelho e foi designada pela Internacional Comunista (Comintern) para cuidar da segurança pessoal do capitão Luís Carlos Prestes na viagem que o traria de volta ao Brasil para comandar o primeiro levante comunista na América do Sul. Em uma viagem arriscada, passando pela Europa e pelos Estados Unidos e disfarçados como um rico casal de portugueses em lua-de-mel, Prestes e Olga se apaixonaram. Aos 37 anos de idade, o militar experiente e disciplinado se revelou um homem tímido, que nunca antes havia estado com uma mulher. 

No Brasil, o casal se juntou a outros membros enviados pelo Comintern, que viviam na clandestinidade, e o grupo começou a organizar uma revolução comunista. No entanto, o movimento foi tragicamente derrotado. Todos os revoltosos foram esmagados pela polícia de Getúlio Vargas; muitos foram presos e outros tantos mortos. Em 1936, Olga e Prestes foram presos e nunca mais se viram. 

responsável pela prisão foi Filinto Müller, chefe da Polícia Militar do Distrito Federal. E, assim, Olga, grávida de sete meses, foi deportada para a Alemanha de Hitler e teve sua filha, Anita Leocádia, na prisão. Durante todo o tempo em que ficou presa, Olga trocou correspondências com o marido e continuou pregando seus ideais de liberdade e justiça social. Aos quatorze meses, Anita foi separada de Olga. Entretanto, graças a uma campanha internacional deflagrada pelos incansáveis esforços da mãe de Prestes, Dona Leocádia, a criança foi salva e entregue à família.

Olga nunca mais voltou a ver Prestes ou sua filha. A militante foi umas das primeiras vítimas das câmaras de gás, sendo morta na de Bernburg, em 1942.

Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.